Portugal volta a estar em confinamento geral às 00h00 desta sexta-feira

Noticias em Destaque REGIÃO

O confinamento geral será semelhante ao que foi vivido em março e abril de 2020 e passa pelo dever de recolhimento domiciliário O Presidente da República decretou ontem a modificação do estado de emergência em vigor a partir desta quinta-feira e a sua renovação por mais quinze dias, até ao dia 30 de janeiro, para permitir medidas de contenção da pandemia de Covid-19. Aquela que é a nona declaração do estado de emergência foi autorizada em Assembleia da República, com votos a favor do PS, PSD, CDS-PP, PAN e da deputada não inscrita Cristina Rodrigues. O BE voltou a abster-se, enquanto PCP, PEV, Chega, Iniciativa Liberal e a deputada não inscrita Joacine Katar Moreira votaram contra. "A renovação do estado de emergência até às 23h59 do dia 30 de janeiro, que acabo de assinar, depois de viabilizada, face à gravidade da situação, por mais de 90% dos deputados, tem um fim muito urgente e preciso: tentar conter e inverter o crescimento acelerado da pandemia, visível, nos últimos dias, em casos, internamentos, cuidados intensivos e, ainda mais, em mortos", justificou Marcelo Rebelo de Sousa, num comunicado publicado ontem no portal da Presidência da República. Ao primeiro-ministro, António Costa, coube anunciar ontem que Portugal vai “regressar ao dever de recolhimento domiciliário” à semelhança do que aconteceu em março e em abril de 2020, considerando que este é um momento “mais perigoso, mas também um momento de maior esperança”, pelo que será fundamental “regressar ao dever de recolhimento domiciliário” para travar esta segunda vaga. “Temos de novo, tal como fizemos no início desta pandemia, tal como tivemos de fazer em junho, tal como tivemos que fazer em outubro, de nos unir com o firme propósito de travar o crescimento da pandemia, esmagar esta curva, salvar vidas, proteger o SNS, apoiarmos os profissionais da saúde e tratar de nos ajudarmos uns aos outros a proteger a nossa saúde em conjunto”, explicou o primeiro-ministro, que pediu às pessoas não se distraiam com as excepções e se fixem na regra de "ficar em casa". As escolas, creches e universidades vão manter-se abertas e, segundo o primeiro-ministro, essa será "a única, nova e relevante excepção”. Também os tribunais, consultórios e dentistas, serviços públicos por marcação prévia e os jogos de futebol da 1ª divisão sénior e da seleção, sem público, se vão manter em funcionamento. O teletrabalho será obrigatório e as coimas em caso de incumprimento serão agravadas. Voltarão a ter de encerrar a generalidade dos estabelecimentos comerciais, incluindo cabeleireiros, barbearias, ginásios, espaços culturais e outros recintos desportivos, e exceptuando-se as padarias, mercearias e supermercados, que terão de funcionar com lotação limitada a cinco pessoas por cem metros quadrados. Os restaurantes e cafés só poderão funcionar em regime de take away ou para entrega ao domicílio. Os eventos públicos estão proibidos, à excepção das iniciativas de campanha eleitoral e das celebrações religiosas. A realização de funerais estará condicionada à adoção de medidas organizacionais que garantam a inexistência de aglomerados de pessoas e o controlo das distâncias de segurança. Segundo António Costa, as empresas que fiquem obrigadas a encerrar durante este segundo confinamento terão acesso automático ao ‘lay-off’ simplificado e o Programa Apoiar será alargado. Segundo o último boletim epidemiológico divulgado pela Proteção Civil de Leiria, o concelho de Pombal contará esta quinta-feira com um total de 409 casos ativos de Covid-19, 65 dos quais foram registados nas últimas 24 horas. Marta Botas, Notícias da Sua Terra

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Centro Hípico da Guia, na Taça de Portugal
2/10/2023
Escola Tecnológica, Artística e Profissional de Pombal
2/10/2023
Carmencita Figueiredo e Regina Nunes, apresentam evento de cariz solidário
2/10/2023
Câmara atribui incentivo ao arrendamento para fixar e atrair jovens em todo o concelho
5/07/2023
Mafalda Silva no Campeonato Europeu de Halterofilismo de Juvenis
5/07/2023
Cartaz São Mateus e FATACIS Soure 2023
5/07/2023
Requalificação da zona de interface de transportes
14/06/2023
Tanto a acontecer por cá (e por lá)
13/06/2023