Pombal Distinguida como a primeira Ecofreguesia do distrito Leiria e Região Centro

0
715

A cerimónia decorreu no Teatro-Cine de Pombal e contou com o encerramento do Ministro do Ambiente José Matos Fernandes. A Freguesia de Pombal foi distinguida, esta segunda-feira, com o galardão de ouro na cerimónia promovida pela Associação de Bandeira Azul da Europa, tendo alcançado o primeiro lugar ao nível do distrito de Leiria e de toda a região centro.
Esta distinção é de todos os Pombalenses e é partilhada por todas as entidades
parceiras que têm tido um papel ativo nos vários projectos que têm sido promovidos no seio da comunidade.
Para a Junta de Freguesia de Pombal, este reconhecimento à nossa comunidade foi o
melhor presente que podíamos receber nesta semana em que assinalamos os 30 anos de
elevação de Pombal a cidade, assumindo como um caminho sólido que tem sido trilhado e que querem continuar a consolidar no futuro.
A Freguesia de Pombal alcançou a pontuação de 94,38% com especial destaque para os
indicadores de mobilização, capacitação e educação para a sustentabilidade, serviços de
proximidade e desenvolvimento sociocultural.
Com o lema “Pensar global agir local”, merece destaque o empenho dos colaboradores
da Junta e todos os concidadãos nesta estratégia colectiva de promover uma comunidade cada vez mais empenhada e comprometida com a sustentabilidade e o contributo que se pode dar, a esta micro escala, para serem alcançados os objectivos e as metas a que o nosso país está internacionalmente vinculado.
O Presidente da Junta de Freguesia de Pombal, Pedro Pimpão, presente na cerimónia,
agradece a todos os que têm participado nos diversos projectos comunitários “que nos
permitem evidenciar boas práticas colectivas relacionadas com uma maior consciencialização ecológica da nossa comunidade, por isso, os pombalenses está de parabéns!”
A Bandeira Verde agora atribuída, é simultaneamente um reconhecimento e uma
responsabilidade. Simboliza o compromisso em continuar a trabalhar por um território e uma comunidade mais sustentáveis.

Comentários