O fim das pilhas em aparelhos auditivos

0
294

Os utilizadores de aparelhos auditivos estão bastante familiarizados com o manuseamento de pequenas pilhas na utilização das suas próteses. Ora põe, ora tira, a regularidade com que se deparam com esta tarefa de substituir as pilhas quando estas terminam, varia de pessoa para pessoa e de aparelho para aparelho. Apesar de muitas pessoas utilizarem o mesmo tipo de pilhas ou aparelhos, a duração da pilha pode variar de acordo com a programação do aparelho e a dificuldade auditiva de cada utente. De acordo com estes dois fatores, a duração das pilhas pode variar entre 30 dias, 15 dias, 7 dias ou até 4 dias aproximadamente.

No entanto, a utilização de pilhas em aparelhos auditivos tem os dias contados. A utilização de baterias recarregáveis nos aparelhos auditivos já é uma realidade. Apesar desta tecnologia ter chegado ao mercado de uma forma tímida há já alguns anos, neste momento, uma grande parte das novas próteses auditivas adaptadas já não utilizam pilhas.

O sistema de baterias recarregáveis traz várias vantagens aos seus utilizadores, facilitando e minimizando as preocupações a ter com os seus aparelhos no dia-a-dia. O único trabalho que se mantém resume-se a colocá-los nos ouvidos de manhã e tirá-los à noite antes de deitar. As tarefas como ligar os aparelhos antes de os colocar, desligá-los ao tirar, substituir as pilhas e comprá-las, acabaram. Desta forma, a utilização de aparelhos auditivos torna-se ainda mais simples para os seus utilizadores.
Consulte o seu especialista em aparelhos auditivos e faça a experiência.

Diogo Brilhante 
Administrador de Centro Auditivo Pombal 
diogobrilhante@hotmail.com 

Comentários