Aparelho auditivo ou amplificador auditivo? Descubra as diferenças

0
722

Todos os dias somos bombardeados com anúncios que nos prometem a audição perfeita, por valores tão baixos, que nos fazem pensar que por tão pouco vale a pena tentar. A quase totalidade destes anúncios que nos chegam através de jornais, revistas, internet, correio ou até mesmo em horário nobre na televisão, dizem respeito a amplificadores auditivos.
Os amplificadores auditivos ou amplificadores de som, são dispositivos que se limitam a ampliar todos os sons que nos rodeiam, independentemente da dificuldade ou necessidade do utilizador. São equipamentos descartáveis, de uso rápido e de fraca qualidade. Não são feitos à medida do seu utilizador nem tão pouco programados de acordo com a sua necessidade, podendo prejudicar a saúde auditiva e piorando ainda mais a audição de quem os utiliza. Por essa razão, os amplificadores auditivos não são recomendados por especialistas para o tratamento da perda de audição.
Então, porque razão estas publicidades existem?
Esta prática abusiva é utilizada por muitas empresas que têm como objectivo atrair as pessoas com perda auditiva através deste produto barato (o amplificador auditivo), para depois mostrarem a real solução para o problema, o aparelho auditivo. Muitas vezes, por causa das semelhanças visuais dos equipamentos, é fácil confundirmos o amplificador auditivo com o aparelho auditivo. Contudo, as diferenças são tão grandes que nunca os deveríamos colocar na mesma categoria.
O aparelho auditivo, é um dispositivo médico de alta tecnologia, feito por medida e programado especificamente para cada utilizador de acordo com a sua perda de audição. Só desta forma, é possível garantir aos seus utilizadores a melhor audição com o máximo conforto. Por esta razão, apenas o aparelho auditivo é indicado para quem tem perda de audição. Não se deixe enganar pela troca de palavras que induz tantas vezes os utilizadores em erro. Caso tenha ou sinta perda de audição, deve consultar uma casa ou um médico especializado de forma a avaliar e resolver o problema corretamente.
E não se esqueça, quando a esmola é de mais… o Santo desconfia!

Diogo Brilhante 
Administrador de Centro Auditivo Pombal 
diogobrilhante@hotmail.com 

Comentários